top of page
  • Foto do escritorPedro Vitor Bulhões

Como se formam os vulcões

O que é um Vulcão

Um vulcão é uma estrutura na superfície da Terra que se forma quando materiais incandescentes, como magma, gás e líquidos extremamente quentes, vêm do interior do planeta através de uma abertura ou fenda na crosta terrestre. Esses materiais emergem da câmara magmática subterrânea e se acumulam na superfície, podendo causar erupções vulcânicas. Mais de 80% da superfície da Terra, tanto acima quanto abaixo do nível do mar, tem origem vulcânica. Ao longo de centenas de milhões de anos, as emissões gasosas das aberturas vulcânicas contribuíram para a formação dos primeiros oceanos e da atmosfera terrestre, fornecendo os elementos essenciais para o desenvolvimento e a manutenção da vida. Ao longo de eras geológicas, as inúmeras erupções vulcânicas deram origem a montanhas, planaltos e planícies, que, por sua vez, foram moldadas pela erosão, criando paisagens magníficas e solos férteis.


Como se formam os vulcões:

Os vulcões podem se formar de duas maneiras principais: através do movimento tectônico das placas, que é o deslocamento contínuo das placas da crosta terrestre sobre o manto derretido, ou por meio de pontos quentes, onde materiais incandescentes emergem em locais específicos do planeta.

            Quando se trata das placas tectônicas, os vulcões frequentemente têm sua origem nas extremidades das mesmas e podem formar-se de duas maneiras distintas. A primeira ocorre nas zonas de convergência. Por exemplo, quando uma placa litosférica oceânica colide com uma placa continental, se a placa oceânica for mais densa, ocorre o processo de subducção, onde a placa oceânica afunda, formando uma fossa oceânica profunda. Durante esse processo, devido à intensa fricção e à liberação de água da crosta subduzida, as rochas fundem-se, originando magma. Esse magma, impulsionado pela diferença de temperatura e densidade, sobe, resultando em erupções vulcânicas e, consequentemente, na formação de novos vulcões. Também se formam vulcões nas zonas de convergência quando duas placas oceânicas colidem. Neste caso, forma-se nas extremidades de ambas as placas aquilo que se conhece por arco vulcânico, por outras palavras, um conjunto de vulcões que, com o passar do tempo, pode aparecer à superfície do oceano sob a forma de ilhas.


Os vulcões também podem surgir longe das extremidades das placas, em regiões conhecidas como pontos quentes vulcânicos. Esses pontos quentes são gerados pela presença de plumas de manto, que são colunas estreitas de material fundido incandescente que ascendem do manto terrestre até a superfície. Quando uma dessas plumas vulcânicas emerge no oceano, forma-se um vulcão submarino, que eventualmente pode crescer até alcançar a superfície, transformando-se em uma ilha vulcânica. Além disso, devido ao movimento da crosta sobre o manto terrestre e sobre as plumas, esse tipo de vulcanismo muitas vezes resulta na formação de cadeias de ilhas vulcânicas, como as ilhas do Havaí.


Vulcões ativos atualmente:

Atualmente, existem vários vulcões ativos em todo o mundo, cada um com suas próprias características e comportamentos únicos. Cerca de 8 vulcões ativos estão espalhados por todo o mundo atualmente. Veja alguns deles logo a baixo:

Monte Etna, Itália

O Monte Etna, localizado na ilha da Sicília, é o vulcão mais ativo da Europa e um dos mais ativos do mundo. Com uma altura que varia devido às frequentes erupções, o Etna tem sido uma fonte contínua de atividade vulcânica por milhares de anos.

Kilauea, Havaí

Kilauea, localizado no Havaí, é um dos vulcões mais ativos e monitorados do mundo. Desde 1983, Kilauea tem estado em erupção quase contínua, criando novos fluxos de lava que frequentemente alteram a paisagem da Ilha Grande do Havaí.

Vulcão de Fogo, Guatemala

O Vulcão de Fogo, localizado na Guatemala, é famoso por suas erupções frequentes e violentas. Em junho de 2018, uma erupção catastrófica resultou na morte de centenas de pessoas e causou danos significativos a comunidades próximas.

Monte Merapi, Indonésia

O Monte Merapi, na Indonésia, é um dos vulcões mais ativos e perigosos do país. Conhecido por suas erupções explosivas, Merapi tem uma história longa e documentada de atividade vulcânica.

Vulcão Piton de la Fournaise, Ilha da Reunião

Localizado na Ilha da Reunião, no Oceano Índico, o Piton de la Fournaise é um dos vulcões mais ativos do mundo. Suas erupções frequentes e relativamente previsíveis fazem dele um excelente local para estudos científicos.


Bibliografia:

RODRIGUEZ Héctor (2023). Vulcões: O que são e como se formam. https://www.nationalgeographic.pt/ciencia/vulcoes-que-sao-e-como-se-formam-dossier_4262.

 

USGS Science for a changing world. Will extinct volcanoes on the east coast of the U.S. erupt again?

 

ASSEF Júlia (2023). Vulcões: definição, características e fatos. https://ecycle.com.br/vulcoes/


 

PUCRS. Vulcões causas e efeitos.

Comments


bottom of page